O que são e como funciona as Câmaras Privadas?

0
AdamNews – Divulgação exclusiva de notícias para clientes e parceiros!
Bom, primeiramente câmaras de conciliação, mediação e arbitragem, também conhecidas como centros especializados, núcleos, enfim, são empresas voltadas aos métodos adequados de solução de conflitos (mecanismos jurídicos para resolver as desavenças do dia a dia – arbitragem, mediação, conciliação, dentre outros).
Não basta apenas abrir uma câmara sem o conhecimento a respeito do que são os métodos adequados de solução de conflito, bem como quais as peculiaridades para este ramo, afinal, haverá a participação de diversos profissionais, de diversas áreas para compor a câmara, seja trabalhando internamente, seja atuando como mediadores, conciliadores e árbitros.
A estrutura também será diferenciada: haverá salas específicas para mediação, conciliação e arbitragem ou outras formas de resolver as relações interpessoais; materiais de escritório, funcionários, softwares para gerir a câmara, seja para a parte financeira, seja para gerir os procedimentos administrados pela câmara, enfim elementos que se conhecidos fazem grande diferença e sai na frente de câmaras que começam sem estes conhecimentos.
Por fim, e não menos importante, deve-se ter um material básico para começar a trabalhar, afinal ideias para o regulamento interno, código de ética, modelos de convites/notificações, tudo é uma novidade, havendo sim, conforme a experiência, adequações, aprimoramentos, mas tudo partindo de um conhecimento prévio.
Curioso para saber mais informações de como abrir uma câmara. O Centro de Mediadores elaborou um curso específico, contando com a participação de uma empresária, fundadora de uma câmara em funcionamento há mais de 15 anos, sendo mais que uma base sólida, uma experiência viva.
Por Centro de Mediadores
Fonte: Jus Brasil, 03/06/2016
Share Button
4 de junho de 2016 |

Deixe uma resposta

Idealizado e desenvolvido por Adam Sistemas.
Pular para a barra de ferramentas