Domingos Neto: envolvidos em litígios devem estar com espírito desarmado para conciliação

0
AdamNews – Divulgação exclusiva de notícias para clientes e parceiros!
O desembargador Domingos de Oliveira Neto, coordenador do Núcleo Permanente de Métodos Consensuais de Solução de Conflitos (NJUS) do Poder Judiciário de Alagoas, reafirmou que a conciliação é a melhor solução para resolver os litígios entre as pessoas envolvidas em processos que tramitam nas unidades do Judiciário estadual.
“As pessoas devem comparecer (à Semana Nacional da Conciliação) predispostas a conciliar, com espírito desarmado. Que buscam uma solução que seja boa para todos os envolvidos no processo”, afirmou o magistrado.
“Conciliar é resolver não apenas o processo, mas resolver o litígio. As pessoas devem comparecer predispostas a conciliar, com espírito desarmado. Que buscam uma solução que seja boa para todos os envolvidos no processo”, reforçou.
De segunda-feira até dia 20/05
O desembargador é o coordenador da 2ª Semana Estadual da Conciliação, que começa nesta segunda-feira e prossegue até o dia 20, no Fórum da Capital, onde estão agendadas 1.000 audiências de conciliação, sempre das 8h às 12h e das 13h às 17h.
As tentativas de conciliação envolverão, em sua maioria, processos da área de família, em litígios sobre divórcio e pensão alimentícia, por exemplo, mas também serão analisadas ações sobre direito do consumidor. O objetivo da ação é diminuir a quantidade de processos em tramitação no Judiciário.
“Entendemos que o Poder Judiciário tem papel extremamente importante, que é o papel de pacificador. Costumo dizer que o papel do Judiciário não é julgar processos, mas é conduzir para uma pacificação. Este tipo de evento, a exemplo dos ciclos de conciliação, difunde esta prática e a cultura da paz”, completou o desembargador.
Apoio de nove magistrados
A etapa estadual da Semana Nacional da Conciliação é promovida pelo Núcleo Permanente de Métodos Consensuais de Solução de Conflitos (NJUS), coordenado pelo desembargador Domingos de Araújo Lima Neto, em parceria com o Projeto Justiça Itinerante, coordenado pelo juiz André Gêda Peixoto Melo.
Atuarão no evento os juízes André Gêda, João Paulo Martins, Kleber Borba Rocha, Odilon Marques Luz, Emanuela Porangaba, Jairo Xavier, Nelson Fernando Martins, Luana Cavalcante e José Miranda Santos.
Fonte: Alagoas em Tempo Real – 13 Mai de 2016 – 14:37
Share Button
13 de maio de 2016 |

Deixe uma resposta

Idealizado e desenvolvido por Adam Sistemas.
Pular para a barra de ferramentas